SANTA CATARINA DE RICCI

            Alexandrina Ricci nasceu no seio de uma família cristã, abastada e influente não só na Cidade de Florença-Itália, mas por toda a região.

Manifestando pendores religiosos desde muito cedo, já aos doze anos de idade, aceitou alegremente sua iniciação em um convento, cuja manutenção muito se devia às generosas contribuições de seus pais.  Não era, ainda, a hora certa!

Voltando para sua casa, após um ano de internamento, não foram poucas as tentativas de encaminhá-la para um bom relacionamento com jovens da mesma formação cristã, visando futuro casamento. Nada!

Bastante adulta para sua idade, tão logo viu repensada sua existência, retornou à vida religiosa, ingressando - então de forma definitiva - no Convento da Irmãs Dominicanas, de Prato, onde, aos trinta anos, alcançava o posto de Superiora. Foi ali, nesse Convento, que teve seu nome trocado para Catarina, muito em razão de sua devoção a Santa Catarina de Sena, que viria a ter grande influência em sua vida.

Foi mesmo por influência da Santa da qual emprestara o nome, que em sua vida monástica procurou encontrar alegria nos momentos em que experimentava grandes sofrimentos, buscando, assim, reviver as dores pelas quais passara Nosso Senhor Jesus Cristo.

Na condição de Madre Superiora, cargo que ocupou por aproximados quarenta anos, Santa Catarina de Ricci escreveu vários textos, através dos quais ensinava a alcançar-se a paz interior, através da concentração no martírio de Jesus e a contrapartida que Ele conquistara através da exposição a tamanho sofrimento. Segundo ela, era na paixão e morte em cruz que se deveria buscar os reais fundamentos da Fé Cristã.

Convivendo com o que sempre lhe pareceu a presença viva, a seu lado, do Espírito Santo, Santa Catarina de Ricci viria a encontrar o descanso eterno em 1590.

Intacto, seu corpo permanece exposto na grande Basílica de Santo Antonio de Pádua, em Padova-Itália. Apesar de levemente escurecido pela ação do tempo, mantém as características físicas da santa, passando aos milhares de peregrinos que ali vão anualmente, a imagem humana da paz interior.
                                             Outros santos deste dia 
                                                 Santo Ermenegildo
                                                      São Gosberto
                                                         São Lezin